Ecumenismo já chegou.

O ecomenismo (união entre as Igrejas e num sentido mais amplo unidade entreas religiões) é um assunto muito discutido em nossos dias atuais, basta acessar a inertet ou ler alguns jornais e veremos a conprovação deste fato. Nestes dias, estive pesquizando sobre o assunto e resolvir fazer esta discussão no Ebah.

O site “Rádio vaticano” publicou nesta segunda feira dia 18 de Janeiro, uma reportagem intitulada como “Igrejas iniciaram a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos”, em outras palavras, é a semana de oração pelo ecumenismo, é liderada pela Igreja Católica Apostólica Romana (Vaticano, o Papa). veja alguns trechos da reportagen.
“Actualmente, a Semana de Oração é celebrada por milhões de cristãos no mundo. O decreto sobre o ecumenismo do Concílio Vaticano II, promulgado em 1964, considerou a oração como a “alma” do movimento ecuménico e animou esta celebração.
A iniciativa não pretende ser, contudo, apenas um conjunto de celebrações, assumindo-se como uma oportunidade única para educar as comunidades cristãs no caminho da reconciliação e planear acções ecuménicas em permanência, dentro das mesmas”. Analisando este pequeno trecho vemos que o ecumenismo já cheou e é uma realidade inevitavel.
Mas você o que tem a dizer sobre este assunto? Quem será a autoridade final em assuntos doutrinários no ecumenismomenos se, Para o evangélico, a Bíblia é a única autoridade. Para o católico romano, nem tanto, porque este aceita outras fontes com força autoritária igual ou superior à Bíblia, sendo que o para estes o Papa é o único com altoridade para interpretar a bíblia (o que eu considero como blasfemias), senda a Igreja cátololica a única Igreja verdadeira do SENHOR ?Leia Mais…
Resto do Post

Denzel Washington é guardião da Bíblia em "The book of Eli"

O actor Denzel Washington vai encarnar o papel de um viajante, que se apoia na Bíblia para salvar as pessoas, numa América devastada pela guerra nuclear, no filme “The book of Eli”, com estreia prevista para sexta-feira, nos Estados Unidos.
O filme mistura elementos da velha América com a espiritualidade do Velho Testamento – uma mudança para os estúdios de Hollywood, que evitam temas religiosos em filmes de acção moderno e de grandes orçamentos.
O personagem de Denzel Washington é Eli, um homem que gosta de citar Génesis e os Salmos quando não está a matar bandidos. No filme, os norte-americanos queimam as Bíblias como retaliação à guerra nuclear. Apenas havia sobrou uma, a de Eli.
O actor, que já conquistou o Óscar duas vezes, disse que tenta ler a Bíblia todos os dias, e que se estivesse num mundo pós apocalíptico, o livro seria algo que ele “gostaria de ter”.
“Eu acho que a fé é importante. Minha mãe diz que é interessante fazer o bem, mas é preciso fazer o bem da maneira certa”, disse Denzel Washington à Reuters.
Fazer o bem
Como Eli, Denzel Washington anda pelo interior desolado dos EUA e finalmente pára numa cidade onde o senhor local, interpretado por Gary Oldman, está desesperado por encontrar uma Bíblia para a usar como arma para influenciar as pessoas.
Quando Gary Oldman sabe que Eli tem uma Bíblia, ordena que lhe entregue o livro se não quiser ser morto. Eli luta para defender a Bíblia antes de poder continuar a sua jornada.

Fonte: Jornal de Angola
 Leia Mais…

Resto do Post

Secretário-geral da ONU chega ao Haiti

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, chegou ontem à capital haitiana, Porto Príncipe, para avaliar pessoalmente os danos do terremoto que atingiu o país na última terça e reforçar o pedido de ajuda internacional às vítimas
Ban foi recebido na capital haitiana pelo atual chefe da missão da ONU no Haiti, Edmond Mulet. Ao chegar, ele se mostrou “muito sensibilizado e agradecido” pela forte ajuda internacional, fez questão de sublinhar a importância de “não se desperdiçar um único item, um único dólar” da ajuda recolhida pela comunidade internacional.
O secretário-geral vai se reunir com presidente do Haiti, René Préval, para avaliar a situação e discutir como coordenar melhor os esforços humanitários internacionais no país, devastado pelo terremoto de 7 graus na escala Richter. Ban deverá também visitar a sede da missão da ONU no Haiti, completamente destruída pelo tremor, e sobrevoar as áreas e zonas mais danificas no país.
Mais cedo, em Nova Iorque, ele afirmou que a tragédia causada pelo terremoto em Porto Príncipe é “pior crise humanitária em décadas”. Na sexta-feira, fez um apelo internacional por US$ 550 milhões para salvar o Haiti.
Resto do Post

Cônsul do Haiti culpa religião africana pela tragédia

Cônsul geral do Haiti culpa religião africana pela tragédia
O cônsul geral do Haiti, George Samuel Antoine, foi flagrado nesta quinta-feira (14) afirmando que a tragédia no Haiti está tendo bons resultados para ele e atribuindo a culpa do terremoto às religiões africanas praticadas em seu país. A afirmação foi feita durante uma entrevista para o canal SBT. O cônsul fez a declaração sem saber que estava sendo gravado.
De acordo com o próprio cônsul, uma das principais correntes religiosas no país é o vodu, que tem relação com outras manifestações de origem africana como o candomblé e a santeria. Na declaração, ele fez duras críticas aos costumes religiosos do país.
“A desgraça de lá está sendo uma boa pra gente aqui, fica conhecido … Acho que de, tanto mexer com macumba, não sei o que é aquilo… O africano em si tem maldição. Todo lugar que tem africano lá tá fodido”, disse Antoine.

Resto do Post