Desmascarando o falso cristianismo – A deusa mãe

A deusa mãe
Semiramis ou Maria?
O maior fenômeno religioso do século teve seu início na Babilônia!
Os líderes e o povo de Israel foram repreendidos por DEUS também por adorar a Rainha dos Céus, deusa babilônica, veja esse versículo da Bíblia, abaixo:  
(Jeremias 7:18) – Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira.  
REVISTA TIME, (“Serva ou Feminista?”, 30/12/1991, pág. 62-66) “Entre todas as mulheres que já viveram, a mãe de Jesus Cristo é a mais celebrada, a mais venerada… Entre os católicos romanos, a Madona, ou Nossa Senhora, é reconhecida não somente como a Mãe de Deus, mas também, de acordo com muitos papas, a Rainha do Universo, rainha dos céus, trono de sabedoria e até esposa do Espírito Santo.
Vejam uma declaração do livro “Uma Mulher Cavalga a Besta”, págs. 456, 457 onde relata uma oração feita por João Paulo II:
Com meu coração cheio de louvor para com a RAINHA DO CÉU, o sinal da esperança e a fonte de consolo de nossa peregrinação de fé à Jerusalém celestial, saúdo a todos vós que estais presentes nesta solene liturgia… Esta liturgia apresenta-vos, a MARIA, como a mulher vestida de sol… Em Maria, a vitória final da vida sobre a morte é uma realidade…”.
Vejam um Hino e uma Oração católica abaixo muito conhecida:
Hino
Deus vos salve, virgem, senhora do mundo, rainha dos céus e das virgens, virgem.
Estrela da manhã, Deus vos salve, cheia de graça divina, formosa e gentil.
Dai pressa, senhora, em favor do mundo, que vos…
Oração
Santa Maria, rainha dos céus, mãe de nosso Senhor Jesus Cristo, senhora do mundo, que a nenhum pecador desamparais nem desprezais, ponde, senhora, em mim os olhos de vossa piedade e alcançai- me de vosso amado Filho o perdão de todos os meus pecados…
Início da Adoração
Após o dilúvio, certa ocasião, Noé encontrou-se bêbado em sua tenda e ficou despido. A Bíblia relata o acontecimento desta maneira:
“E viu Cão, o pai de Canaã, a nudez de seu pai, e fê-lo saber a ambos seus irmãos fora. Então tomaram Sem e Jafé uma capa e puseram-na sobre ambos os ombros, e indo virados pra trás, cobriram a nudez do seu pai, e os seus rostos eram virados, de maneira que não viram a nudez do pai”. Gênesis 9: 22 e 23.
Despertado Noé do seu vinho abençoou a descendência de Sem e Jafé, mas a descendência de Cão foi amaldiçoada.
Nossa atenção volta-se especificamente para os versos 6, 8, 9 e 10 do  décimo capítulo que é a descendência de Cão:
6. E os filhos de Cão são: Cuxe, Mizraim, Pute e Canaã.
8.”Cuxe gerou a Ninrode, o qual começou a ser poderoso na terra. Foi valente caçador diante do Senhor; daí dizer-se: Como Ninrode, poderoso caçador diante do Senhor. O Princípio do seu reino foi Babel,… na terra de Sinar”.
Ninrode foi o rei de Babel, a cidade erigida que desafiou o próprio Deus. A terra de Sinar é a Mesopotâmia onde mais tarde foi erigida a cidade de Babilônia, a outra cidade que desafiou a Deus.
A esposa de Ninrode chamava-se Semiramis. Historiadores dizem que Semiramis era a sacerdotisa de Babel. Semiramis achou-se grávida. Porém, antes que o filho nascesse, Ninrode morreu. Quando o menino nasceu, Semiramis disse que o filho nascido era a reencarnação de Ninrode. É então reconhecida como a virgem que concebeu pelos poderes dos deuses, ora, seu bebe diz ela é a reencarnação de Ninrode. Adorada como Rhea, a “Grande Mãe” dos deuses e Vênus a mãe de toda impureza, Semiramis assim se torna governadora desta cidade, onde a prostituição e idolatria são consideradas sagradas. A influência desta nova concepção espiritualista faz com que se desenvolva uma estrutura tão poderosa quanto maligna. Esta religião alimentou o pecado e moldou o coração humano que mesmo hoje cerca de seis mil anos depois, vemos em nossa volta os frutos e até rituais semelhantes aos praticados por aquela nação ancestral. A mãe e o filho passaram a ser adorados no decorrer dos séculos, através de vários nomes  diferentes.
  
                    Isis e Hórus.               Divaki e Krishna.    
                       
Shing Moo.                  Maya e Buddha
Na Índia Semiramis se torna Divaki e Krishna, a Mãe e a Criança. No Egito Isis e Horus, na China e Japão Shing Moo, Santa Mãe. Após milênios o paganismo alcança dimensões geográficas jamais calculadas por seus fundadores, é evidente que Satanás investiu toda sua mente e engano na pregação do seu evangelho, que afinal também tem sido pregado a todo mundo, língua e povo. 
Semíramis como era conhecida na Babilônia foi adorada em outras terras, mas hoje é adorada pelo mundo pagão (oriental) e pelo cristão (ocidental) através de Maria; confira os títulos de Semiramis em outros povos:  
● Éfeso: Diana, a mãe dos deuses.
● Scandinavia: Disa a mãe com o criança
● Grécia: Afrodite, “A Mediatriz.”
● Roma: Vênus (deusa), Júpiter (criança).
● Israel: Astarot, (deusa) Baal (criança); veja na Bíblia: Juizes 2:13             
Estude mais, através do site google, digitando Rainha dos Céus.
CONCLUSÃO
A Igreja Católica cristianizou uma prática bem comum aos pagãos, a adoração a RAINHA DOS CÉUS, provocando a Ira de DEUS em (Jeremias 7:18).

Fonte: http://www.adventistas-bereanos.com.br/
Via: Missão no Lar

Leia Mais…

Resto do Post

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s