ENTENDENDO O VERDAEIRO MOTIVO DO BATISMO NO ESPÍRITO SANTO.

BATISMO NO ESPÍRITO SANTO.
Desde o dia de Pentecoste, quando ocorreu o derreamento do Espírito Santo sobre o os apóstolos (Atos 2.1- 4), muito se tem falado e escrito a respeito do batismo no Espírito Santo. No entanto, apesar de existirem tantos livros que falam sobre este assunto, o que vemos hoje é que muitos cristãos não compreendem o que é o verdadeiro batismo com Espírito Santo, e isso é claramente o reflexo da negligência na leitura e meditação da Santa Escritura. Por isso existe hoje uma multidão de pessoas sendo enganadas pelo inimigo, pois as mesmas ignoram a Palavra de Deus que diz: “Amados, não creiais em todo espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo” (1 Jo 4:1).
Mas o que é o batismo no Espírito Santo?
O batismo no Espírito Santo é a condição básica para qualquer pessoa se candidatar ao serviço de Deus. Se o próprio Filho de Deus teve que recebê-lo antes de iniciar o Seu ministério, além de todos os seus apóstolos e demais discípulos, então há de se crer que existe uma imperiosa necessidade desse batismo para o preparo do servo de Deus.
(Macedo, Bispo, 1945 – O Discípulo do Espírito Santo. Pg.13).
O verdadeiro batismo no Espírito Santo é uma capacidade ou revestimento de poder que o crente recebe para anunciar o Evangelho de Cristo e testificar da sua morte e ressurreição. Deste modo todo crente verdadeiramente batizado no Espírito Santo se torna uma real testemunha de Cristo.
Jesus disse: “Mas recebereis virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até os confins da terra.” (At 1.8).
Jesus prometeu: Recebereis poder. Poder para quê? Esta é a verdadeira questão. O que pretendemos realizar, ou o que cremos que deve ser realizado após sermos batizados no Espírito Santo? A maior prova que as pessoas têm de que Jesus está vivo é quando o vêem operar os mesmo milagres que operava antes de ser morto. Foi com esse propósito que Cristo enviou o Espírito Santo. Ao serem batizados no Espírito Santo, os cristãos estarão revestidos de poder para dar, ao mundo, testemunho (prova) da ressurreição de Jesus.
Deus enviou Jesus para dar exemplo. Jesus enviou o Espírito Santo para nos capacitar e seguir o exemplo dEle. Ordenou-nos a pregar a toda criatura. Prometeu: E estes sinais seguiram aos que crerem (Mr 16.17a). Isso somente poderá ocorrer pelo poder do Espírito Santo operando no crente. Esta é a razão de alguém receber a plenitude do Espírito Santo.
(Osborn, Tommy Lee, 1923. O propósito do Pentecoste. Pg 16.)
Apenas falar noutras línguas é a evidência concreta do batismo no Espírito Santo?
O inimigo tem semeado nos últimos dias um enorme engano no meio dos cristãos, ele tem ensinado que para que o crente possa receber o batismo no Espírito Santo, basta apenas participar de cultos avivados e receber aquelas orações eloqüentes com palavras de efeito como, por exemplo, “receba, receba, receba…”, e naquele mesmo momento muitas pessoas começam a falar noutras línguas. O interessante é que muitos destes estão com o altar (vida) quebrado e se encontram sem nem uma comunhão com o próximo e com Deus.
O simples fato de alguém falar “noutras línguas”, ou exercitar outra manifestação sobrenatural não é evidência irrefutável da obra e da presença do Espírito Santo. O ser humano pode imitar as línguas estranhas como fazem os demônios. A bíblia nos adverte a não crermos em todo espírito, e averiguarmos se nossas experiências espirituais precedem realmente de Deus (1 Jo 4.1). O Espírito Santo nos adverte claramente que nos últimos dias surgirá apostasia dentro da igreja (1 Tm 4.1-2); sinais e maravilhas operados por Satanás (Mt 7.22-23; cf. 2 Ts 2.9) e obreiros fraudulentos que fingem ser servos de Deus (2 Pe 2.1-2).
Como podemos discernir se alguém realmente e batizado no Espírito Santo?
Em primeiro lugar, não devemos sair por aí julgando as pessoas e dizendo que elas têm espíritos de demônios, Jesus nos adverte sobre isso veja: Vós julgais segundo a carne, eu a ninguém julgo(Jo 8:15). E os escribas, que tinham descido de Jerusalém, diziam: Tem Belzebu e pelo príncipe dos demônios expulsa os demônios. E, chamando-os a si, disse-lhes por parábolas: Como pode Satanás expulsar Satanás?
Se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; e se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir. Se Satanás se levantar contra si mesmo, e for dividido, não pode subsistir; antes, tem fim. Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não manietar o valente; e, então, roubará a sua casa. Na verdade vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, e toda sorte de blasfêmias, com que blasfemarem. Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo. (Mc 3.22-29).
Se o SENHOR Jesus nos ensina tão claramente que não devemos correr o risco de blasfemar contras o Espírito Santo de Deus o que devemos fazer então? Não podemos julgar, mas podemos discernir pela Santa Escritura se o espírito vem de Deus ou não. Se alguém afirma ser batizado no Espírito Santo e fala noutras línguas, mas não é dedicado a Jesus Cristo, nem aceita a autoridade das Escrituras, nem obedece à Palavra de Deus, qualquer manifestação sobrenatural que nele (a) ocorra não provém de do Espírito Santo. (1 Jo 3.6-10; Jo 8.31. cf 1 Jo 4.6).
Nota: COMO TESTAR OS ESPÍRITOS.

  • É assim que vocês poderão saber se, de fato, o espírito é de Deus: quem afirma que Jesus Cristo veio como um ser humano tem o Espírito que vem de Deus. Mas quem nega isso a respeito de Jesus não tem o Espírito de Deus; o que ele tem é o espírito do Inimigo de Cristo. Vocês ouviram dizer que esse espírito viria, e agora ele já está no mundo (1 Jo 4.2-3. NTLH)
  • Nós somos de Deus; aquele que conhece a Deus ouve-nos; aquele que não é de Deus não nos ouve. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro. (1 Jo 4.6) .
  • Todo aquele que permanecenelenãovive pecando; todo aqueleque vive pecando nãoo viu,nemoconheceu.(1 Jo 3.6).

Em resumo: Quem é batizado no Espírito Santo:

    1. afirma que Jesus veio “COMO HOME,
    2. OBEDECE A PALAVRA,
    3. NÃO VIVE PECANDO OU NÃO PECA.

Leia Mais…

Resto do Post

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s